Quase Blog

Arquivo do Autor

Me lancei algemas
estou preso em meus medos
Tenho a chave nas mãos
mas a deixo cair entre meus dedos
E não crio um novo mundo…

Todos os dias se seguem
arrastando as mesmas horas
Tenho a impressão de que a novela
sempre repete a mesma história
Ou fui eu quem não mudou de capitulo?

Anúncios
Tags: ,

As nuvens voltaram
mas a nossa primavera está longe do fim…
São apenas chuvas passageiras
pequenas demais, para nos atingir

O amor é o elo mais forte
unindo meu coração ao teu
como uma força a me guiar, o meu norte
Antes do fim do mundo
nada vai nos dividir

Discussões estão no roteiro
temos opiniões desiguais
mas no girar do relógio
na dança do tempo, quase sempre

Ainda existimos calados
e nesse nirvana, em teus olhos
unindo os nossos lábios
o sol volta a brilhar sobre nós

Promessa: posts melhores!

Liberdade…
facil falar, dificil conceber
não é só beber coca-cola
e acreditar que o mundo
é um enlatado americano
não, ela não se acaba em apenas um gole

Liberdade é muito mais
se recomeça em si propria
e só obedece os limites
do muro do ser livre do outro

dificil é respeitar as pessoas
facil é seguir oque a tv manda
e ainda acreditar que foi vc quem escolheu…

Simples ser homem, heroico é ser humano
ainda mais quando não esta na moda
quando não te pedem que prefira o certo
apenas o produto da marca…

Bom, o quase continua fechado por enquanto

estou aqui >>> http://palavrasnoventilador.blogspot.com

Amor, em rimar com dor sua teimosia principal…

Que é belo não se pode discutir, mas quantos corações precisam ser quebrados para construir um romance?

Todos nós, pobres mortais inspirados por Cazuza, vivemos a procura de “um amor tranquilo com sabor de fruta mordida”, mas em vinte anos não sei em que pomar ou feira encontro, será que esse “sabor” é artificial e se trata de mais um enlatado para ser visto em prateleiras de mercado? não sei, (tomara que a unilever não comece a industrializar os nossos sentimentos). Não vamos discutir se o amor é passível de ser comprado ou não, mas que ele pode abrir falência e a falta de orçamento ate pode transformar em fracasso de bilheterias um belo romance, isso pode. Claro que a magia da vida continua e há sempre exceções, mas não conheço ninguém que sonhe com um servo encantado… Por falar em sonhos, cadê a garota que vai me transformar em príncipe?, essa vida de sapo (e sem lagoa) já cansou, não me diga que a historia não é verdadeira! rs
Mesmo que nunca acredite nessas “lendas”, e eu como menino tenha gastado meu tempo a assistir power rangers e dragon ball (e chaves, tom & jerry e pica pau!), crescemos ouvindo contos de fada, depois os romances de malhação e por ultimo os mais adultos (porem não menos fantasiosos) amores de novela, mas quando deixamos à ficção parece que somos sempre atores na cena errada, ou não decoramos o roteiro…
Troco de compositor e procuro como o Leoni a “formula do amor”, quem encontrar nos ajude! Sou eu que não sei amar ou as coisas são mais fáceis na televisão?

Derrepente, ficou tão difícil escrever aqui. As palavras já não fluem com a mesmo sintonia…

Abandonei a paixão (ignore o Aurélio, no meu caso é sempre sinônimo de ilusão rs) que me inspirava a escrever, e para todos os efeitos estou dedicando o meu tempo a outro blog http://palavrasnoventilador.blogspot.com/

Mas enquanto há uma pausa nos posts, vou aprendendo a lidar melhor com o WordPress (sem pagar upgrade, é claro rs). Vou dar uma renovada no visual, já mudamos o template, cadastramos no blogblogs… Agora estou procurando novas inutilidades para ocupar as três colunas ai do lado rs (pode deixar que isso eu consigo!)

Pretendo manter os textos antigos (já que derrepente, a partir do meio de janeiro estão me garantindo a media de 70 visitas-dia, …na verdade é uma bendita imagem rs), mas mudarei um pouco, passa a ser o mundo o meu alvo ^^, será um laboratório para talvez um futuro blog “Mar de Absinto”, mas isso não é assunto que interessa por hoje… só digo que o blog volta em breve e renovado 😉

VIVA A ROTATIVIDADE!

fractal.jpg

Me perdi no meu mundo
e confundi os horizontes
Do passado se fez futuro
bola de cristal no álbum de fotos

Agora nos jornais e livros de historia
há linhas mais claras do que na minha mão
E até mesmo os meus enganos
são novos acordes para velhas canções

Não há gurus, profetas ou visionários
somos todos peixes seguindo em frente
reféns das ondas do aquário

Buscamos idéias novas lendo receitas
e se a vida é um ciclo, olhe o poema
chegou ao fim, mas tem replay!

2007, num primeiro olhar, diria que foi um ano a ser esquecido. Parece que para toda luz, há um véu negro… Dois amores? duas dores!, novo emprego? novas contas! comprei pc? não consegui a net!, os problemas em casa continuaram, acho que tive o meu pior semestre de todos os tempos nos estudos (4º na fakul), vi muitos sonhos adiados, desacreditados.
Mas isso é so no primeiro olhar, como em toda guerra, junto a qualquer batalha ganha, existem derrotas menores… Mas 2007 foi uma vitoria, bem que poderia ter sido nocaute no primeiro round, bem mais facil!, mas não vem ao caso….
Vamos começar o boOOommm de td.
1º semestre:… escapei do TG ^^, embora pessoas que muito considero me digam que aprenderam muito com o serviço obrigatorio… sou obrigado a discordar, e me recuso a me mecanizar, – Sim Senhor! isso não é pra mim, pegar em armas para defender oque eu não acredito? exercito, elite, capitalismo,…? Viva o comuna, sou meio Marx, meio anarquista, graças a Deus!
Amadureci, tah, não o bastante, mas foi um passo a mais nessa estrada,… , e meu amadurecer foi perceber que nunca pode-se deixar de ser criança, mesmo quando vc ouve o mundo e se torna adulto.
Descobri novos grandes amigos verdadeiros aqui no mundo virtual (Polly, Ju, Istefane, Suza, Larissa, Nathy, lenize, Junior, Mi, Bony…) e redescobri a importancia dos brothers da vida real (Tar, Giga, Dias…) … Com certeza esqueci de alguem =/ …bendita memoria!
Musica? Belo ano! São muitos os que eu conheci melhor e gostei em 2007… Teatro Magico, Reação em Cadeia, Luxúria, Seu Cuca, Forfun, Cueio Limão, Maria do Relento, Darvin, Hatten, Publica, Matanza, Plebe Rude, tribo de Jah, Uns e Outros, Strike…
Aprendi a gravar meus sentimentos em linhas. Reaprendi a escrever, um dia aprendo de verdade rs. Mas meus blogs nasceram, renasceram e se mutiplicaram ( e se perderam rs) e eu (leia-se meus rabiscos) to melhor do que era antes… Ah claro, o mais importante, descobri nas palavras, nos escritos, uma calmante tão eficiente quanto me era chutar ou socar a primeira coisa que me viesse a frente 😉 com a grande vantagem de que a folha não revida!)
Que venha 2008, me venham os 20 anos e a todos desça LUZ, AMOR e PAZ!
Esse ano foi bom, mas oque nos espera será melhor, e da prosa se faz poesia, e da tristeza, novos sorrisos….
Sinceramente, FELIZ ANO NOVO! (que dessa vez seja novo de verdade!)

E quase um grito...

Ausência…

me afastei por uns dias... estou mudando aos poucos o quase e pretendo voltar em breve. Por enquanto estou aqui: Palavras ao Vento!

Leia os novos artigos deste blog em seu leitor de feeds ou clique no link abaixo, digite seu email na janela que irá surgir e receba as postagens em seu email.

novembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Blog Blogs

Pingar o BlogBlogs Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

Blog Stats

  • 18,545 hits